• ,

    Receita de baba de camelo

    Sem dúvida que a baba de camelo é um doce bastante popular, sendo adorado por imensos gulosos.

    É o seu caso? Então, apresentamos uma receita simples que pode ser preparada somente em 10 minutos.

    Como preparar uma baba de camelo

    Ingredientes:

    • Leite condensado cozido Nestlé: 1 lata;
    • Ovos: 6 unidades;
    • Bolachas feitas de canela: 6 unidades.

    Modo de preparar:

    1. Triture as bolachas;

    2. Armazene;

    3. Ponha as gemas à parte das claras;

    4. Mexa energicamente as gemas;

    5. Coloque e mexa gradualmente o leite até ter um creme homogéneo;

    6. Mexa as claras em castelo;

    7. Envolva as claras ao preparado das gemas;

    8. Polvilhe o fundo de umas taças através da bolacha;

    9. Deite o preparado;

    10. Polvilhe outra vez por cima através das bolachas que restaram;

    11. Sirva frio.

    Conheça outra receita deliciosa de baba de camelo, através deste vídeo:

    Partilhe este artigo!

  • ,

    Dicas naturais para tornar os cabelos escuros

    É daquelas pessoas que se sente complexada com os cabelos brancos? Aliás, o incómodo é tão grande que até já gastou muitos euros em produtos industrializados e com agentes químicos, que originam alergias?

    Temos boas notícias para si: é possível escurecer o cabelo sem sair de casa, de uma forma económica, natural e sem colocar a saúde em perigo.

    1. Café

    É só aquecer a água para preparar um café muito intenso, aguardando que arrefeça um bocadinho.

    Assim que a temperatura estiver suportável, coloque no cabelo seco.

    Deixe que atue ao longo de meia-hora e, de seguida, limpe como costuma fazer sempre.

    2. Cacau

    Junte e mexa bem 2/3 de cacau em pó sem açúcar com 1/3 de champô normal.

    De seguida, ponha no cabelo, deixando que atue no decorrer de alguns minutos.

    Finalmente, limpe com a água, como costuma fazer sempre.

    3. Sálvia

    Numa panela, aqueça 200 ml de água juntamente com oito colheres de sopa de sálvia.

    Quando o chá se encontrar pronto, desligue e passe pelo coador.

    Coloque no cabelo e deixe que atue ao longo de 60 minutos.

    De seguida, limpe como faz sempre.

    Siga este procedimento ao longo de 1 mês, pelo menos 1 vez em 7 dias.

    4. Chá preto

    Prepare um chá preto através de 2 chávenas de água e 3 colheres de sopa de chá preto ou 3 pequenos sacos.

    Assim que ficar pronto, coloque o preparado no cabelo seco.

    Deixe que atue no decorrer de 20 minutos e, finalmente, limpe.

    5. Iogurte, mel, vinagre de maçã e cacau

    Ingredientes:

    • Iogurte natural: metade de um copo;
    • Vinagre de maçã: 1 colher de sopa;
    • Mel: 1 colher de sopa;
    • Cacau: 1 colher de sopa em pó puro e sem presença de açúcar.

    Modo de preparar:

    1. Limpe corretamente o cabelo;

    2. Mexa tudo;

    3. Coloque no cabelo através de um pincel;

    4. Deixe que atue entre 5-10 minutos;

    5. Limpe o cabelo como sempre costuma fazer;

    6. Repita o procedimento entre 2-3 vezes em 7 dias.

    Nota: tenha cuidado, se for alérgico a algum dos produtos enumerados. Além disso, é possível que as dicas originem nódoas em peças de roupa.

    Atenção: estes conselhos aplicam-se somente para quem quer ter um cabelo escuro.

    Importante: lembre-se sempre de que os conselhos do site não substituem uma consulta com um médico experiente e especializado.

    Partilhe este artigo!

  • ,

    Sabonetes de unidades hoteleiras mudam a vida de milhões de pessoas

    Geralmente, os hotéis põem dois sabonetes em cada um dos seus quartos, para a utilização dos hóspedes.

    Porém, uma boa parte acaba por ser pouco ou nada utilizada. Como não é possível o mesmo sabonete passar entre hóspedes diferentes, a maioria é deitada para o lixo.

    Pense um pouco: existem duas barras de sabonete por cada quarto de milhares e milhares de hotéis por todo o mundo. Ou seja, estamos a falar de triliões de toneladas de sabonetes que acabam por ser desperdiçados. Sem falar de champôs e condicionadores, entre outros itens de higiene.

    Gesto simples de um homem melhora a vida de milhões de pessoas em todo o mundo

    Para lutar contra tanto desperdício, Shawn Seipler fundou a “Clean the World”, uma instituição que não tem fins lucrativos e que se dedica a recolher e a usar as sobras de itens higiénicos de hotéis.

    Shawn teve esta ideia quando, numa das suas viagens, reparou que um dos funcionários do hotel deitou os sabonetes do seu quarto para o lixo, no momento em que ia fazer o check-out.

    Sem querer acreditar no que via, Shawn questionou, na receção, porque se deitava ao lixo sabonetes pouco ou nada utilizados. Foi aí que descobriu que essa é uma prática obrigatória em hotéis de cinco estrelas.

    Pelas suas contas, todos os dias, aproximadamente cinco milhões de barras de sabonete são desperdiçadas. Só de pensar que, em todo o mundo, há milhões de pessoas que não têm um único objeto de higiene…

    Chocado, Shawn tomou a decisão de aprender formas de limpar, desinfetar e reutilizar os sabonetes usados para dar a quem mais precisa.

    Entretanto, conheceu o método da fusão, através do qual é possível derreter e limpar sabões para obter novos produtos.

    Daí que, em 2009, Shawn tenha criado a “Clean the World”, que se dedica à reciclagem de sabonetes, doando-os a pessoas carenciadas.

    A partir daí, tem conseguido elevar a qualidade das condições de higiene de milhões de pessoas em todo o mundo, o que tem ajudado a diminuir a mortalidade infantil e a incidência de problemas de saúde. É o caso da pneumonia.

    Contudo, os primeiros tempos não foram fáceis. Afinal, houve algumas dificuldades em obter suporte e cooperação de unidades hoteleiras e postos de turismo. Porém, felizmente, após umas semanas de trabalho, Shawn já contava com uma garagem repleta de barras de sabonete para começar a fazer os primeiros sabões reciclados.

    Agora, tudo mudou e as unidades hoteleiras que tomam a decisão de aderir à iniciativa pagam, todos os anos, 50 centavos de dólar por cada um dos quartos que possuem.

    Graças a esses fundos, a “Clean the World” é capaz de recrutar pessoas e pagar a área de transporte e logística para o processamento dos bens. E a organização não se concentra somente em sabonetes, mas também em cosméticos das unidades hoteleiras.

    Os resultados são surpreendentes: só em 2016, foi possível refazer 7 milhões de barras de sabonetes e 400 mil conjuntos de produtos de higiene, que foram distribuídos a menores de regiões em risco.

    Eis uma prova de que um gesto tão simples pode fazer a diferença na vida de milhões de pessoas no mundo inteiro.

    Partilhe, com os seus amigos e familiares, esta história que deve servir de inspiração para todos nós!

  • ,

    Mãe e filho vivem no mesmo lar

    Os anos bem que podem passar, mas o amor de uma mãe mantém-se sempre igual, desde o primeiro dia. A idosa Ada Keating que o diga.

    Com 98 anos, Ada tomou a decisão de viver num lar por uma razão surpreendente: tomar conta do seu filho mais velho, Tom, com 80 anos, que já morava na Moss View há um ano.

    Ada teve quatro filhos: Tom, Barbara, Margi e Janet, que acabou por falecer somente com 13 anos. Antes de se reformar, Tom era pintor e decorador.

    Mãe e filho estão sempre juntos

    A dupla é inseparável: “Vou sempre dar as boas noites ao Tom. E também sou eu que o acordo. Além disso, sempre que vou ao cabeleireiro, ele quer logo saber quando eu regresso. E, assim que volto, ele está pronto para me receber de braços abertos”, conta Ada, que trabalhou como enfermeira a vida toda.

    Tom também não podia estar mais contente: “Adoro ver a minha mãe com mais regularidade! Ela trata muito bem de mim. Às vezes, até me chama a atenção!”.

    Philip Daniels, responsável pelo lar, considera esta ligação entre mãe e filho bastante comovente: “É uma relação muito bonita. Ficamos muito felizes por o nosso lar ser palco de um acontecimento tão raro e de um amor tão grande. Estamos a fazer de tudo para que a permanência dos dois seja a mais especial possível”.

    “Mãe é mãe!”, exclamou Ada sobre esta história tão comovente.

    Partilhe este artigo com os seus amigos e familiares!

  • ,

    Cidade subterrânea da Turquia é descoberta numa cave

    O que qualquer um de nós costuma encontrar na cave de uma casa? Garrafas com vinho, objetos antigos dos pais ou dos avós, coisas que já não utilizamos há algum tempo… Mas a verdade é que uma cave também pode esconder umas boas surpresas…

    Foi o que aconteceu na Turquia, quando um homem encontrou, por acaso, uma cidade inteira… na sua própria cave!

    Cidade subterrânea inclui dormitórios, mosteiros e até uma igreja

    Tudo aconteceu em 1963, na Capadócia.

    Nesse ano, uma habitação antiga tinha de ser renovada. No decorrer das obras na cave, uma parede acabou por ser derrubada e descobriu-se que, atrás dela, encontrava-se uma sala que, na verdade, não era somente uma divisão, mas uma pequenina parte de uma cidade inteira – a cidade de Derinkuyu.

    A partir dessa sala, descobriu-se oito andares. Os que se encontravam na zona superior eram constituídos essencialmente por dormitórios, além de um conjunto de mosteiros. Já na parte inferior existia até uma igreja.

    Nesta cidade, era permitida a entrada de animais domésticos. Para que as pessoas e os animais não falecessem por ausência de oxigénio, foi instalado um sistema de ventilação.

    De acordo com os arqueólogos, a cidade consegue abrigar até 20 mil habitantes.

    Acredita-se que, na Capadócia, existem cerca de 50 cidades subterrâneas. Aliás, Derinkuyu até tem uma interligação com uma outra cidade (Kaymakli) por um túnel de oito quilómetros.

    Existem diversas teorias associadas a esta cidade subterrânea. Uma delas aponta que esta tenha tido a função de proteger os cristãos dos otomanos. A teoria ganha força por causa de umas pesadas portas feitas de pedra.

    Já outros teóricos acreditam que Derinkuyu foi construída há uns 4000 anos por um povo que viveu nesta região: os hititas.

    Atualmente, a cidade atrai imensos turistas, que ficam surpreendidos com esta grandiosa construção.

    Partilhe esta impressionante descoberta com os seus amigos e familiares!

  • ,

    Como desparasitar o organismo de forma natural

    Sempre que se diz a palavra “parasita”, pensa logo num verme horrendo, certo? E se lhe contarmos que há diversos parasitas… no seu próprio corpo?

    A verdade é que eles acabam por entrar no organismo sem que se dê por isso… Os meios para a sua penetração são diversos: desde ingredientes contaminados a mosquitos, passando até pelo próprio ar.

    Por exemplo, sabia que é possível que o seu intestino meça seis metros e abrigue uma lombriga com o mesmo tamanho? De resto, o intestino é capaz de abrigar milhares e milhares de pequenos parasitas que até podem originar sérios problemas de saúde.

    9 problemas causados por parasitas

    1. Distúrbios digestivos crónicos – é o caso de indigestão, inchaço, gases…;

    2. Alterações de humor, como depressão e ansiedade;

    3. Ansiedade frequente para comer, principalmente açúcar;

    4. Elevada sensibilidade a alimentos, desenvolvendo-se alergias;

    5. Falta de equilíbrio nas hormonas femininas, havendo, por exemplo, períodos irregulares;

    6. Fadiga;

    7. Articulações com dor;

    8. Dificuldades em dormir;

    9. Aumento de peso, sem motivo aparente.

    Realmente, os parasitas encontram-se associados a uma dificuldade para emagrecer.

    Ou seja, sempre que existe uma infeção crónica no nosso aparelho gastrointestinal, como aquela que é causada pelos parasitas, ocorre uma inflamação que emite uma mensagem ao organismo, avisando que necessita de uma maior quantidade de cortisol, um anti-inflamatório também conhecido como a hormona do stress.

    E é isso que origina uma compulsão alimentar.

    Os especialistas aconselham que se faça a desparasitação, uma vez por ano, a não ser que tenha uma das manifestações já referidas.

    Felizmente, existem vários procedimentos naturais, simples e fáceis de aplicar, que se podem conciliar com remédios convencionais, sem esquecer a necessária consulta com um médico experiente e especializado.

    5 alternativas naturais para uma eficaz desparasitação

    1. Coco

    É bastante eficiente para eliminar vermes intestinais, agindo como um antiparasitário muito intenso.

    Pode utilizar tanto a fruta, como o óleo.

    • Coma uma colher de coco triturado no seu pequeno-almoço. Depois de passarem três horas, ingira um copo com leite de coco quente com duas colheres de sopa de óleo de rícino. Repita o procedimento todos os dias até sentir que está sem parasitas. O óleo não é aplicável para menores de cinco anos;
    • Coma ainda quatro colheres de sopa de óleo de coco extravirgem, todos os dias. Afinal, este ingrediente encontra-se repleto de triglicéridos que ajudam na desparasitação e no fortalecimento do sistema imunitário, que tem de agir contra os parasitas.

    2. Alho

    Sim, é verdade: o alho cru é um excelente aliado contra os parasitas.

    O ingrediente inclui aminoácidos repletos de enxofre, um elemento que destrói depressa esses vermes.

    De resto, contém qualidades antibacterianas e antifúngicas, auxiliando na eliminação de micróbios.

    • Coma três dentes de alho crus em jejum e diariamente ao longo de 1 semana, para se livrar de vez de vermes intestinais;
    • Alternativamente, aqueça dois dentes de alho esmagados numa meia chávena de leite. Ingira a mistura em jejum durante 1 semana.

    3. Papaia verde

    Este fruto é rico em enzima papaína, um elemento com qualidades anti-helmínticas, que conseguem destruir os parasitas.

    Por outro lado, as suas sementes contêm caricina, importante para eliminar vermes intestinais.

    • Junte e mexa 1 colher de sopa de sumo de papaia verde fresco e 1 colher de mel orgânico com 3 ou 4 colheres de sopa de água quente. Ingira em jejum e mantenha este tratamento durante 2 ou 3 dias. As crianças só podem ingerir meia dose;
    • É igualmente possível moer as sementes para obter um pó. Junte e mexa 2 colheres de chá desse pó com 1 copo com água. Ingira de manhã, em jejum, ao longo de 3 dias.

    4. Sementes de abóbora

    Contêm um elemento – a cucurbitacina – que evita que os parasitas se instalem nas paredes intestinais, onde ficam para não saírem do organismo.

    • Em 3 chávenas de água quente, acrescente 2 colheres de sopa dessas sementes sem casca e trituradas. Deixe que repouse ao longo de meia-hora e ingira quando o preparado estiver arrefecido. Antes de beber esta infusão, ingira um sumo de ameixas secas e cozidas;
    • Junte e mexa 1 colher de sopa de sementes de abóbora assadas e esmagadas com a mesma quantidade de mel. Ingira esse preparado todas as manhãs. Depois, coma um ingrediente laxante. É o caso de uma banana.

    5. Sementes de carambola

    São excelentes ingredientes para eliminar vermes intestinais.

    Contêm timol, uma substância que evita o desenvolvimento desses parasitas.

    • Coma entre 1/4 a metade de uma colher de chá de sementes de carambola esmagadas com um copo com água. Repita esse procedimento 1 vez em 24 horas, ao longo de 15 dias.

    Gostou deste artigo? Então, partilhe com os seus amigos e familiares!

  • ,

    Pinturas de artista argentino surpreendem internautas

    Aviso: vai ter de ver duas vezes as imagens seguintes para acreditar! E, ainda assim, irá continuar surpreendido!

    O autor dessas imagens é Gustavo Silva Nuñez. Argentino, o artista dedica-se a pintar pessoas a nadar, a flutuar ou somente sentadas na água.

    O grau de realismo das obras é impressionante. Como se já não bastasse, Gustavo ainda se deixa fotografar com as pinturas, o que origina ilusões de ótica inacreditáveis.

    Obras de Gustavo Nuñez

    (veja só o pormenor do fundo da garganta do tubarão: parece mesmo que o animal tem água naquela região)

    (parece que Gustavo e a retratada se encontram no mesmo lugar, a aproveitar a água)

    (eis um outro desafio que este artista conseguiu superar: pintar pessoas tatuadas, dando mesmo a impressão de que os desenhos se encontram sob a pele)

    (o realismo desta pintura é inacreditável! Não parece mesmo que a mergulhadora vai emergir, de repente?)

    Partilhe estas obras tão bonitas com os seus amigos e familiares!

  • ,

    Como tirar agrotóxicos de frutas e vegetais

    Sabia que as frutas e vegetais têm imensos agrotóxicos, que podem originar sérios problemas de saúde?

    Felizmente, é possível eliminar essas substâncias dos nossos ingredientes e provar uma salada completamente saudável!

    Veja só essa dica apresentada por um biólogo, o professor Mauro Velho, no programa brasileiro da TV Globo “Globo Repórter”.

    7 fases para limpar frutas e vegetais de agrotóxicos

    1. Ponha os alimentos numa bacia com água limpa;

    2. Deixe-os a repousar ao longo de 5 minutos;

    3. Passe os alimentos para uma bacia que tenha água e bicarbonato de sódio – deve ser 1 colher de sopa para 1 litro de água;

    4. Deixe-os a repousar ao longo de 40 minutos – o bicarbonato consegue eliminar até 90% dos agrotóxicos;

    5. Ponha outra vez os alimentos numa bacia com água ao longo de 5 minutos – desta maneira, tira todo o bicarbonato, que, em contacto com o vinagre, perde o efeito;

    6. Ponha os ingredientes numa bacia com água e vinagre – mais uma vez, é 1 colher de sopa para cada 1 litro de água;

    7. Deixe-os a repousar ao longo de 40 minutos – assim, haverá uma eliminação dos agrotóxicos que acabaram por não ser eliminados pelo bicarbonato.

    Nota: mesmo com esta dica, sempre que possível, é melhor ingerir alimentos orgânicos, mas de uma fonte confiável. Afinal, existem muitos ingredientes que são vendidos como orgânicos, mesmo que não o sejam.

    Partilhe esta dica tão importante!

  • ,

    Causas de nódoas negras na pele

    Todos sabemos que as nódoas negras surgem sempre que chocamos contra alguma coisa ou sofremos uma lesão.

    Porém, por vezes, essas manchas aparecem sem razão aparente.

    A verdade é que as acumulações de sangue que surgem por uma hemorragia interna têm muitas mais causas, algumas desconhecidas para uma boa parte de nós.

    6 causas de nódoas negras na pele

    1. Infeções

    É possível que uma excessiva presença de toxinas na corrente sanguínea ou nos tecidos origine hematomas.

    2. Falta de nutrientes

    Os hematomas podem ser um sintoma de ausência de vitaminas A, B, C e D, além do ácido fólico.

    3. Faixa etária

    Com o envelhecimento, a cútis torna-se mais fina, reduzindo o revestimento que protege os vasos capilares, o que facilita o desenvolvimento de nódoas negras.

    4. Distúrbios no sangue

    Esses distúrbios podem surgir a partir de sérios problemas. É o caso da hemofilia, do lúpus, da cirrose ou da leucemia.

    5. Fazer demasiada força

    No decorrer da prática de desporto – ou de um trabalho mais pesado –, é provável que os músculos passem por demasiada tensão, o que faz com que haja uma rutura nos vasos sanguíneos, desenvolvendo-se os hematomas.

    6. Diabetes

    É comum os diabéticos terem imensas nódoas negras. Estas são sintomas de resistência à insulina.

    Partilhe este artigo tão importante!

  • ,

    Mulheres nervosas são as melhores para uma relação com futuro

    Normalmente, uma mulher que está bastante interessada em assegurar o sucesso de uma relação amorosa acaba por se chatear com tudo. Mas isso é apenas um sinal de preocupação. É um sinal de que essa mulher realmente se importa com o futuro da relação.

    Se ela costuma discutir imenso, é porque está interessada e vislumbra um futuro entre os dois, tentando assegurar o equilíbrio da relação. Só que, infelizmente, isso não se consegue com reações mais calmas: é que a maioria dos homens não escuta as mulheres que têm essas respostas mais serenas. É preciso se impor!

    Mulheres indiferentes são as piores companheiras amorosas

    Agora, imagine um cenário inverso. Uma mulher que não diz nada, para quem está sempre tudo bem, que não se chateia com nada, que não telefona 200 vezes todos os dias, que desculpa qualquer falha, que não se importa que o seu companheiro saia sem ela e que tenha amigas (demasiado) íntimas… Não, essa não é um exemplo. Não é a melhor companheira de sempre. Essa é aquela mulher que pouco se importa com a relação e que, na verdade, até já deve ter outros planos na área afetiva.

    Daí que todos os homens devam valorizar a tempo as mulheres que eles podem considerar como “chatas”. São essas as que realmente querem saber deles, aquelas que falam muito e têm um feitio difícil, que até pode ser mudado: basta ter paciência e dialogar. Essa atitude traz imensa segurança, porque as companheiras acabam por sentir que não são as únicas a tentar sustentar uma relação.

    Não estamos a falar de mulheres chatas, exigentes e tagarelas… Estamos a falar de mulheres apaixonadas!

    Partilhe este artigo interessante com os seus amigos e familiares!