,

Conheça a “doença do mofo”

Descubra os sintomas desta patologia e saiba como evitá-la

É provável que não sinta o seu odor e muito menos o veja, mas o mofo pode ser prejudicial para a sua saúde. Isto acontece principalmente com gestantes, bebés e idosos.

No entanto, a medicina convencional não crê que a exposição ao mofo origine sérios distúrbios: aliás, é até bastante difícil identificar uma toxicidade que ocorreu devido ao fungo. Mas os danos causados pelo mofo existem. E são sérios.

Sendo assim, os esporos que são produzidos pelo mofo podem originar ou piorar um quadro de asma, sem esquecer que há a possibilidade de transmissão de bactérias que causam sérias infeções.

Podendo surgir nas áreas húmidas da casa, o mofo encontra-se relacionado com uma série de sintomas: desde irritações dermatológicas a olhos vermelhos, passando por transtornos respiratórios.

De resto, o mofo até pode influenciar a nossa saúde psicológica, contribuindo para alterações no humor.

Mais 26 sintomas da “doença do mofo”

1. Distúrbios na memória;

2. Confusão psicológica;

3. Ausência de concentração;

4. Cansaço;

5. Fraqueza;

6. Má disposição logo depois da atividade física;

7. Cãibras;

8. Dores articulares;

9. Dores por todo o corpo;

10. Sensação de dormência e formigamento;

11. Dores na cabeça;

12. Sensibilidade à iluminação;

13. Visão embaciada;

14. Rinite;

15. Sinusite;

16. Tosse;

17. Tremores;

18. Sensação de vertigem;

19. Enjoos;

20. Diarreia;

21. Modificações no apetite;

22. Gosto a metal;

23. Aumento de peso, embora tente perdê-lo;

24. Sudorese noturna, entre outros transtornos de regulação de temperatura;

25. Sede a mais;

26. Mais volume de urina.

5 dicas para agir contra a “doença do mofo”

1. Preste atenção a qualquer infiltração;

2. Assegure que a habitação permanece arejada e limpa;

3. Retire mofo dos azulejos, recorrendo a uma mistura de 100 ml de lixívia e 1 litro de água, mergulhando a esponja nessa solução, esfregando e deixando que atue no decorrer de cinco minutos – depois, não se esqueça de limpar através de água;

4. Retire mofo dos tetos e paredes, recorrendo a produtos no supermercado – no entanto, antes, limpe com a mistura descrita no ponto anterior e retire o excesso de mofo. Os produtos devem agir ao longo de 24 horas;

5. Impeça o aparecimento de mofo nos armários e guarda-roupas, limpando frequentemente através de um pano molhado e um bocadinho de vinagre – não se esqueça de manter as portas abertas para que tudo seque.

Receita natural para terminar com o mofo

Ingredientes:

  • Água: 1 litro;
  • Óleo essencial de melaleuca: 5 colheres de café.

Modo de preparar:

1. Junte ambos os ingredientes;

2. Ponha num borrifador;

3. Pulverize em cima de móveis, portas, paredes… Faça-o 1 ou 2 vezes em 7 dias;

4. Em superfícies feitas de madeira, pulverize a mistura num paninho e passe-o na zona;

Nota: nas paredes, após pulverizar, esfregue através de uma esponja para limpar pratos.

Atenção: este produto tem a duração de um semestre e é bastante eficiente, porque o óleo de melaleuca é capaz de agir contra bactérias e vírus. Pode adquiri-lo em espaços que vendem produtos naturais.

Partilhe este alerta tão relevante!

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Como preparar um peeling caseiro de café

Torre consegue acabar com flagelo em África