,

Dicas para livrar a cozinha de bactérias

Estas soluções são aconselhadas por um biomédico renomado

Uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Drexel, nos Estados Unidos da América, enumerou o que mais junta bactérias na cozinha: frigoríficos, esponjas para lavar loiça, pias e tábuas para fatiar ingredientes.

Felizmente, é só preciso seguir algumas dicas simples para assegurar que esses microrganismos ficam bem afastados de uma divisão da casa que tanto utilizamos.

Conheça os conselhos do biomédico Roberto Figueiredo – igualmente conhecido por Dr. Bactéria.

Como afastar as bactérias da cozinha

1. Frigorífico

A carne é a principal fonte de contaminação deste eletrodoméstico. Para garantir a máxima limpeza, é preciso:

  • No mínimo 1 vez por mês, desligar o frigorífico e retirar todos os ingredientes para fazer uma limpeza adequada;
  • Fazer uma mistura de 1 litro de água com 10 gotas de detergente, passando através de um pano por todo o frigorífico;
  • Fazer ainda uma outra mistura de 1 copo com vinagre branco com 1 copo com água, passando através de um pano por todo o frigorífico. De seguida, passe um outro pano molhado com água;
  • Experimentar fazer uma mistura de metade de um copo com água com 100g de bicarbonato de sódio, passando através de um pano na zona interna do eletrodoméstico;
  • Pôr na primeira prateleira, no fundo à direita, um recipiente, sem estar tapado, com bicarbonato de sódio em pó. Depois, volte a pôr os ingredientes e ligue novamente o frigorífico.

2. Esponja

Segundo o estudo, 64% das esponjas contam com alguma bactéria, o que pode aumentar o risco de propagação na cozinha, já que existe o hábito de limpar outras peças através das esponjas. É o caso do fogão.

Portanto, o melhor é usar as esponjas durante sete dias, no máximo.

Eis algumas formas de impedir que as bactérias fiquem nas esponjas:

  • Ponha a esponja numa panela com água e uma colher de vinagre branco. De seguida, acenda o lume e aguarde entre 3-5 minutos depois de começar a ebulição. Nessa altura, a esponja já não terá mais bactérias;
  • Limpe a esponja e mantenha-a húmida. Depois, envolva em papel-toalha, ponha num pires no interior do micro-ondas e ligue na potência máxima ao longo de cinco minutos. Espere mais 1-2 minutos até retirar;
  • No decorrer de 10 minutos, coloque a esponja num preparado de 1 litro de água com 2 colheres de sopa de lixívia.

3. Pia

No decorrer da pesquisa, encontrou-se a bactéria E. coli em 44% das pias: afinal, essa parte da cozinha está sempre em contacto com a água e são os espaços húmidos os favoritos da E. coli.

É sempre bom lembrar que essa bactéria pode originar distúrbios gastrointestinais e intoxicações

Além disso, devemos frisar que a humidade incentiva a multiplicação de bactérias, juntamente com os restos dos alimentos, que acabam por estimular essa reprodução em loiça suja, tábuas de madeira, cantos de pia…

Para impedir esse perigo, retire a água através de uma escova e tente não passar panos que deixem água na pia.

4. Tábuas para fatiar os alimentos

Segundo os dados da pesquisa, 23% dessas tábuas encontravam-se sujas e 76% contavam com vincos ou rachaduras que juntam ainda mais sujidade.

Tente passar longe das tábuas feitas de madeira, que sugam bastante água e ficam muito húmidas. Logo, demoram mais tempo até ficarem completamente secas, o que eleva as hipóteses de reprodução de bactérias.

Eis outros conselhos de relevo:

  • Prefira as tábuas feitas de plástico e separadas por cores: por exemplo, o encarnado pode ser para as carnes e o branco para os frutos;
  • Depois de utilizar, limpe através de água, detergente e esponja macia. Após enxaguar corretamente, borrife ou mergulhe em vinagre branco puro ou num preparado de lixívia (com 2 colheres por cada litro de água). De seguida, deixe que escorra e que seque. Mude de tábua assim que houver muitos riscos e manchas. Já agora, fique ainda a saber que passar um limão na placa de corte é um meio eficiente de eliminar as nódoas;
  • Se recorrer a tábuas feitas de vidro, enxague com detergente e uma esponja macia. Para uma desinfeção adequada, siga os mesmos métodos que já descrevemos acima. Se quiser, pode utilizar água quente. Mude de tábua assim que estiver com falhas ou lascada.

Veja agora este vídeo que apresenta como se deve higienizar de forma correta as pias:

Partilhe este artigo!

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Dica natural para evitar baratas

A importância do aloe vera para a saúde dos olhos